Páginas

quarta-feira, 22 de março de 2017

Precisamos Fala a Verdade...

Eu tô frustada!!!
Pois é...
Eu não consigo me sentir segura ou preparada para trabalhar como coach porque eu não me sinto pronta, e isso em nada tem haver com conteúdo, esse eu tenho o que me lasca é que não consigo fazer minha mãe me ouvir, como farei que outras pessoas o façam?
E eu permito TANTO que ela me afete, TANTO.
O egoísmo exagero, o stress, os gritos, ela baixa minha energia...e eu permito...E isso me frustra!!!
Fui procurar constelação, não tenho grana pra pagar. Não tenho grana!!!!
Frustração!!!
Valber não conversa, eu tento, quero desabafar, quero chorar, mas ele não conversa...FRUSTRAÇÃO!!!
Eu tô frustrada!!!

sábado, 21 de janeiro de 2017

Acordei tem pouco mais de uma hora e nem o livro ruim que estou lendo me ajudou a pegar no sono.
O silêncio aqui só é quebrado pelo ventilador e as gotas que caem do ar condicionado da minha avó...Quase poético.
Eu tô sozinha com os meus pensamentos, o que é legal porque é raro eu conseguir ficar sozinha com os meus pensamentos. Tem sempre uma criança por perto, sabe?
Daí tô aqui revivendo o dia; e sei lá eu, viu?
Que bosta, cara!!!
Eu tenho pra mim que essa animosidade deve fazer mal. Sempre na defensiva, sempre falando com aspereza, em tom de deboche, fazendo pouco caso, se colocando acima...Sei lá, viu?
Eu tô meio decepcionada, meio triste e meio preocupada. OK ok, ninguém tem tanto meio assim...
Vou vigiar minhas palavras e ações porque não quero ser essa pessoa no futuro.

E agora vou terminar de ler aquele livro horrível...E tentar dormir antes das crianças acordarem.

domingo, 6 de novembro de 2016

Sobre medos e sensatez

Não sei vocês, mas eu morro de medo da morte; tenho pânico total, pavor.
Apesar de ter plena consciência de que esse medo é infundado, afinal a morte é inevitável e, caso de fato exista um pós vida eu estarei bem e caso exista apenas o fim da consciência, tudo vai estar bem também porque deixarei de existir e fim.
Mas ainda assim, eu tenho medo.

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Limões

Deus me livre de ser um limão, azedo por natureza.
Laranjas são mais interessantes, a lima é chata, sempre docinha, mas a laranja pêra acaba sendo sempre uma surpresa; tem as que são doces e as azedas. Assim somos eu também.
Tenho meus momentos doces, azedos, momentos de total pânico e outros de esperança sem tamanho.
Assim é a vida...
Sejamos mais laranja (ou acerolas, morangos...).

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

A TAG e eu

Transtorno de Ansiedade Generalizada, uma droga de um problema desgraçador de cabeça.
Veja bem, ou eu estou chorando pelos cantos por uma coisa que poderá acontecer no futuro (assim como pode ser só piração minha) ou estou chorando por algo que poderia ter acontecido no passado.
Não tenho conseguido estar no momento presente por mais de 5 minutos.

Eu queria poder fingir que tá tudo bem e viver de aparências na internet, mas aí não seria eu.