Páginas

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

A saga da véia...

Hoje o dia no Rio esta quente, abafado e nojento de se viver...e eu estava decidida a tomar um banho e me deitar na cama da minha mãe pra relaxar e espantar o calor, mas a progenitora decidiu que ir ao mercado era uma boa ideia. E lá fomos nós...
Compramos nossas coisas e encontramos uma fila vazia...uma moça passando e uma velhinha com nada além de um prato de queijo...encostamos ali, colocamos nossas coisas na esteira e um solicito funcionário pegou nosso carrinho vazio e levou embora. Chegada a vez da velhinha, ela paga o queijo e...e...saca da bolsa uma conta e paga, e pega outra e outra e outra e mais outra...a velha pegou nada além de 6 contas de dentro da porra da bolsa, foram quase 20 minutos de pé com as comprar na esteira e sem um carrinho pra colocar as coisas e ir pra outra caixa. Depois da 3ª conta eu já comecei a reclamar, a velha podia ter ido ao banco ou a casa loterica ou a puta que a pariu, não precisava ir pagar as contas da família no mercado. Tinha conta do Nextel, das Casas Bahia...nuss..quando saiu ela virou para nós e teve a pachorra de dizer que demorou um pouquinho, mas resolveu a vida dela sem precisar ir a banco. Demorou um pouquinho? Resolveu a vida dela? Será que ela não percebeu que estava atrasando a MINHA vida? E que o lugar de pagar aquele monte de conta era na porra do banco...
Olha, vou falar...ter paciência durante a gestação é complicado e ainda me vem essa véia do capeta e paga as contas do mundo na minha frente!

Um comentário:

  1. kkkk comigo foi o contrario, fui afofada por duas senhorinhas no banco!

    ResponderExcluir