Páginas

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

A segunda primeira vez

Hoje estávamos falando sobre parto no BBC, vendo vídeos de parto e partilhando nossos medos e preocupações, até que a Dany levantou a bola. "A Dita Cuja volta ao normal?" e a Mi veio com a notícia "ruim".



Como assim dói mais que a primeira vez? Tudo bem que a minha primeira vez não doeu tanto, na verdade eu só queria que acabasse logo, não queria que o primeiro fosse o primeiro, não queria me lembrar dele pra sempre como o primeiro, mas já tinha começado e não dava pra parar. Mas enfim...
Então depois de passar 40 dias no zero a zero, tem que arrumar um tempinho entre uma mamada, uma troca de fralda e um soninho do bebê pra voltar a ativa e eu ainda vou sentir muita dor? Ah não, não tô preparada pra isso!!!
Mas, aí lembrei que sou perigosa e gosto muito do babado e decidi que já que vai ser a "segunda primeira vez", é só embarcar na ideia, compra uns lubrificantes, uns óleos desses que esfriam e esquentam, uma lingerie (in)decente e torce pro baby dormir o tempo todo e se joga nessa ideia. Curte o momento, aproveita a dor e embarca nessa de segunda primeira vez, faz como se fosse a primeira mesma...só que, o sexo é em dupla, né? Você precisa estar no clima e precisa que o outro também esteja, será que os homens entendem isso? Será que eles acreditam que você é "moça" de novo? Ou será que depois de um bebê sair eles acham que qualquer coisa entra, que tá "estragada". Já vi muita mulher falando que vai fazer cesárea porque o marido não quer que ela fica larga, ou que estrague o brinquedo dele....e isso meio que me frusta e me desanima.

(Ia usar uns artigos da internet e fazer um post mais informativo, mas tô desanimadinha)

2 comentários:

  1. Mari, pode apostar seu doce traseirinho que vou usar isso a meu favor tb! kkkkk

    ResponderExcluir