Páginas

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Fairy Tale

Eu meio que passei da idade de acreditar em conto de fadas, acreditar que o Príncipe Encantado vai vir montado num cavalo branco e nós seremos felizes pra sempre no reino de tão tão distante. Amém por isso, mas as vezes eu queria que a vida fosse simples assim em algum momento, que meu happily ever after chegasse e eu pudesse viver a vida dos sonhos que algumas pessoas adoram contar que tem. Ser acordada com café da manhã na cama, receber elogios sobre como eu estou linda apesar de estar pesando 700 toneladas, essas coisinhas bobas...nem queria algo assim o tempo todo porque quanto mais tempo a gente passa acreditando que alguém é perfeito, mais a gente se machuca quando descobre que a pessoa é humana, um finalzinho de semana e pra mim já estava bom, ando me contentando com pouco. Mas, o que eu mais queria era não me sentir chata, não me sentir grudenta, carente...e eu ando me sentindo assim, porque eu vivo mandando sms, puxando assunto, pedindo pra ver, pra ficar, pra dormir, pra ir, pra estar...e isso, meuzamigos é um porre!!!! Primeiro que mulher chiclete é repulsivo, segundo que eu nunca fui dessas...mas eu tô grávida, gorda, inchada, feia e insegura, então preciso de atenção todo dia ou já me sinto largada, me sinto mal...e volto a desejar que a Emma acredite e que a maldição encerre que o Encantado perceba que eu sou a Snow e...TV de mais estraga o cérebro. Eu só desejo que a sms seja respondida, que como foi a consulta seja perguntado e que as atitudes combinem com as palavras.



(Eu sei que acompanhar esse blog deve estar um saco porque todo dia é muito mimimi, mas imagina como deve estar sendo complicado dentro da minha cabeça)

Nenhum comentário:

Postar um comentário