Páginas

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Festa: Surpresa

Ontem fui presenteada com a melhor festa supresa de todos os tempos, afinal só me avisaram que a festa era pra mim depois que a mesma havia acabado e o último convidado estava para ir embora, juro.
Acontece que a história começou com minha mãe dizendo que a comadre dela viria aqui trazer um pc pro Valber formatar e pra ver o catálogo da loja, depois disso viriam mais 2 amigas delas e me sugeriu que convidasse a Liz, era só pra beber, falar besteira e vender minhas coisas, rolaria um churrasco de sobra do Reveillon e só. Okay...
Bom, as mulheres foram chegando com maridos e filhos, e tinha muita cerveja e refrigerante e bla bla bla...eu fiquei dentro com a Liz, a Carol, a Rose e o namorado, que estava passando mal, e do lado de fora estavam meus pais e os amigos. Pra mim funcionou bem, aqui dentro a gente falava as nossas besteiras e lá fora eles falavam as deles. No final da festa meu pai me chamou e disse que eu não tive a menor consideração com os amigos deles e que todo mundo veio aqui em casa por minha causa e opa, pera...como assim? Era festa pra mim? Pois é era...mas minha mãe decidiu que ia fazer supresa e a surpresa foi tão boa que só me contaram no final da festa E em tom de bronca.
Fiquei ultra chateada, queria chorar e tudo, mas não ia me abater afinal eu não tive culpa de nada.
Quando entrei ainda ouvi meu pai dizendo que teria uma conversa muito séria comigo e minha mãe dizendo que não ia dar porque eu estou estranha e que ia me trancar no quarto e dormir, engoli a seco e apesar de ter de acordar bem cedo hoje para ir a faculdade fiquei acordada até acabar o BBB. Antes do meu pai ir dormir, minha mãe ainda o instigou a me chamar para conversar, mas ele se recusou, também não falou comigo, nem pra dar boa noite. Quer dizer...saí como antipática porque não participei de uma festa que nunca me disseram que era minha.
Foi ou não a melhor festa surpresa de todas?

3 comentários: