Páginas

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Ignorância não tem cor

Prometi a mim mesma que cada blog terá pelo menos um post por semana, ou seja, vou ter que rebolar pra postar hoje.
Eu poderia falar da minha vontade gritante de sair de casa, podia falar do apocalipse que começou lá pelas bandas da Rússia (não tá sabendo?clica aqui), poderia falar que estou nega vermelha depois de ter passado o dia na praia sem nenhum tipo de proteção, poderia até reciclar o post de carnaval do outro blog, mas aí passendo em um blog que amooo vi uma analogia tão estúpida que vou ter que falar dela.
No blog falam que o principal candidato a ser o novo Papa, o ugandense Peter Turkson, é a favor da pena de morte aos gays. Só de pensar que um ser com a mentalidade assim pode se transformar no líder da maior religião do mundo dá um pouco de medo de reproduzir porque pra onde estamos indo? Bem, aí que o bicho pegou porque o autor do blog diz que como Peter é negro e negros sofrem preconceito ele não pode ser homofóbico...oi?
Deixa eu explicar uma coisa, o negro sofre muito preconceito sim...e eu sei bem do que estou falando, assim como o homossexual, o nordestino, o pobre, a mãe solteira...e essas pessoas não devem ter preconceito contra outras, assim como um homem branco hetero não pode ter preconceito...preconceito é estupidez venha de onde vier e essa analogia de que o negro não pode ter preconceito porque sofre muito preconceito é de uma estupidez do capeta.
Vamos fazer assim, um exemplo simples:
-João é branco, classe média baixa, e heterossexual.
-Luís é negro, classe média alta e heterossexual.
-Paulo é branco, classe média e homossexual.

João pode ser racista E homofóbico sem problemas porque não se encaixa nas minorias, mas o Luís não pode ser homofóbico porque é negro e negro tem que ser tolerante, o Paulo também não pode ser racista porque é gay e gay também tem que tolerante.

Entenderam a bizarrice dessa lógica?
Se o tal candidato a papa fosse branco, ele seria tão criticado quando o Peter Turkson, mas ninguém diria que ele não pode ser "homofóbico porque é branco", ele só não poderia ser homofóbico porque homofobia é algo ridículo...só isso. Usar a cor da pele do cara pra justificar que ele não pode ser homofóbico é ridículo e desnecessário!
Homofobia, racismo e qualquer tipo de preconceito é burrice, é generalizar todo um grupo por uma ideia que foi formada apenas na sua cabeça. O tal Turkson é um babaca, apenas...negro, branco, asiático, católico, espírita, protestante...qualquer pessoa que julgue que a outra merece a morte por gostar de pessoas do mesmo sexo é estúpida e só!
Então sigamos sem essa ideia de que quem sofre preconceito não pode ser preconceituoso. NINGUÉM PODE SER PRECONCEITUOSO e pronto.

2 comentários:

  1. Verdade querida, preconceito é coisa muito triste e eu tbm passo por isso no meu trabalho mas não ligo. Deus é por nós! Um cheiro no seu coração!

    ResponderExcluir
  2. Acho que nem preciso dizer que concordo com vc neh??

    ResponderExcluir