Páginas

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Jovem pra ser velha...

(Eu nunca ouvi essa música, mas já me identifico com o refrão)

E estamos oficialmente mais perto dos 30 do que dos 20...bateu a crise pesadona!! Sempre fico meio introspectiva na semana do meu aniversário, mas essa ano a coisa tá mais tensa, acho que o fato de fazerem 10 anos que terminei o 2º grau (Ensino Medio que dizem, né?) e não estar com um bendito diploma na mão pesa um pouquinho mais.  O fato de estar mais perto dos 30 do que dos 20 também não é um alívio...
Cade o carrão, o apartamento de frente pro mar, o marido marinheiro moreno dos olhos verdes, o corpo escultural...tenho nada disso...
Talvez eu já tivesse um diploma se não tivesse querido provar ao mundo que era quem fazia minhas próprias escolhas e largasse a faculdade de Turismo tão perto da formatura, talvez se meu pai tivesse me obrigado a continuar eu tivesse formada ou se ele me obrigasse a continuar e eu desistisse mesmo assim, o que eu seria agora, caixa de mercado, assistente administrativo?
E se eu tivesse dito não aquele beijo lá em Salvador, tivesse dito que havia visto os scraps e que a Patricia não ia gostar. Será que ele iria insistir? Ia deixar pra lá? Eu teria dito 2 filhos?
E se o Igor tivesse nascido? Eu ainda teria o Ravi?
Nunca saberemos....

Acho que minhas decisões condiziam com minha idade, a juventude é feita pra fazermos burrice, uma espécie de rascunho da vida adulta.  Vou tentar lembrar disso quando for a vez do Ravi, da Cecília, do Ian e da Ingrid (Estou animada sim ou com certeza?) e ajudá-los a recolher o cacos e seguir em frente....

E eu vou em frente também jovem de mais pra ser velha e velha de mais pra ser jovem...E que venham os 26, os 30, os 40, os 95...

(Enquanto escrevia o post ouvi a música)

domingo, 5 de janeiro de 2014

Tô numa necessidade pavorosa de escrever, seja aqui ou no outro...mas falta tempo!!!!!!