Páginas

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Eu não vou falar de política

(Esse post é um compilado de coisas que comecei a escrever no status do Facebook, mas desisti)

Ah a ingenuidade humana, como são bobinhos aqueles que acreditam que nesse segundo turno temos direito de escolha. A única escolha é continuar sendo roubado pelo PT ou voltar a ser roubado pelo PSDB.
Não vou defender a Dilma ou o PT, afinal depois da patacoada de Pasadena, não tem nem como...só que não dá pra colocar o Aécio como "Salvador da Pátria", é seis e meia dúzia...
Quando eu soube que o debate da Globo seria no último dia de campanha, eu soube também que o Aécio iria pro segundo turno. Afinal a Rede Globo é muita grata ao neto do Tancredo e o Senador tem um grande poder de oratória, ele fala bem, de forma fluída, articula bem as palavras e olha diretamente pra câmera. Ele é bom enganador, até porque é só esconder o que atrapalha a imagem de Herói e pronto.  Mas chega de falar do Aécio (nem citei que ele cheira mais que o Maradona ou bate em mulher).
Apesar de desconhecer o funcionamento dos 3 poderes (e tantas outras coisas, quanto mais coisas conheço mais percebo o tamanho da minha ignorância), acredito que uma " reforma política" não se faz com a troca da presidênciamas reeleição de deputados (estaduais e federais) e senadores. Não dá pra dizer que quer um novo Brasil quando na Câmara e no Senado continua sendo mais do mesmo.
Pobre de mim, pobre de nós...
Não quero votar na Dilma só pra Aécio não ganhar, já fiz isso no primeiro turno. Votei na Marina pro Aécio não ir ao segundo turno (e nem deu certo).
Aliás a Marina deveria ir atrás do Malafaia e dar um puxão de orelha nele, se ele não tivesse catucado ela sobre o casamento gay, ela estaria, fácil, no segundo turno. Se fosse comigo eu não deixava barato!

Vou deixar aqui uma notícia sobre o Aécioporto só pra encerrar.

Enfim...
"Um povo que vota em corrupto não é vítima, é cúmplice.", certo? Então escolha de quem você será cúmplice nesse segundo turno...eu vou lavar minhas mãos, votarei em branco e que Deus me ajude nos próximos 4 anos.

Ah e vou encerrar com um ME JULGUEM! Por que, né? Já acostumei com as indiretas no Facebook.

Nenhum comentário:

Postar um comentário