Páginas

domingo, 19 de julho de 2015

Perdão

Eu poderia começar essa postagem dizendo que eu não trabalho como porteira, ou que ligar pra avisar que está no portão é um procedimento comum de técnicos de telefonia. Eu poderia, mesmo...
Mas eu não, não...
Eu vou pedir perdão! Perdão por não ter estado atenta a quem chamava no portão, perdão por não ter ido correndo atender, perdão por estar ocupada cantando e dançando feito uma boba com a minha família. Perdão! Aliás, peço perdão pela minha mãe também, que se considerou ocupada de mais com as vendas dela e não prestou atenção em quem chamava no portão.
De coração...
Veja bem, haviam três pessoas adultas mais dois adolescentes na sua casa, vocês é quem estavam esperando o técnico, não era eu, nem minha mãe, e nós não temos culpa se o telefone de contato era de uma pessoa que mora tão longe, mas se você se magoou tanto com a gente por isso, OK...perdão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário