Páginas

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Old habbits die hard?!

E o exercício de detox de hábitos destrutivos segue firme e forte. 10 dias já foram sem twitter, instagram, snapchat ou qualquer joguinho e confesso,  está ficando mais fácil não pensar nessas coisas ou sentir falta.
Mas, embarcamos em uma nova leva de hábitos destrutivos, ou seja, uma porção de hábitos que me fazem procrastinar. Entre passear pelo pinterest e ler fanfics tem me sobrado pouco tempo pra fazer o que deveria ser feito, assim sendo percebi que o hábito destrutivo que eu precisava abrir mão seria a procrastinação. Agora como???
Quando eu começo a trabalhar ou estudar eu me envolvo de tal modo que não consigo parar, o problema é começar...

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Bom senso x Grosseria

Eu tenho a fama de ser grossa, porque não tenho paciência pra lidar com falta de bom senso.
Imagina que hoje, já tive que lidar com uma mesma pessoa agindo completamente fora dos padrões de intimidade aceitos por mim... Mas, se eu falar um "ai" aí eu sou grossa.
"Come um pão de queijo, um dia sem almoço não mata não."
"Por que você é tão ranzinza"
"Não liga pra ela, moça. Ela é chata assim mesmo."

Essas duas últimas porque eu não quis tirar uma foto. Essa mesma pessoa me chamou de neurótica porque eu quis ir pra casa ver meu filho ao invés de ficar de papo em um dia de falta de professor.

É por gente assim que eu me isolo e prefiro ser "invisível" a interagir com os coleguinhas.

O #mimimi está pra acabar!! Posts melhores virão

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Destrua esse diário

Assim que me formar vou apagar esse blog, apagar por completo...cada história e cada post e começar de novo sob um pseudônimo...
Já pensou os pacientes descobrindo que eu sou um ser humano normal? Não pode...preciso me colocar acima da humanidade, né? Pra manter aquela imagem de intocável, de que consigo usar a psicologia pra resolver sozinha todas as minhas crises.
Imagina se alguém descobre que eu tenho tantas neuras quanto qualquer pessoa e que sou um ser humano bem frágil também. Se alguém souber que eu me sinto sozinha mais vezes por dia que gosto de assumir e que as vezes só quero alguém pra papear amenidades.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

O Bode


Há alguns meses eu deletei o facebook por motivo de estar de saco cheio da intolerância que habitava aquela rede social. As pessoas andavam atacando gente desconhecida por qualquer motivo, bastava pensar diferente que pronto...partiu ataques pessoais e pesados. Você entra numa página pró Dilma e lá nos comentários tem gente anti Dilma xingando todo mundo de burro e coisas mais pesadas e ofensivas, você entra na página do Silas Malafaia e tem lá gente xingando o cara de tudo que é nome também, e assim eu decidi que era melhor me isolar. Veja bem, nada contra você ser contra a Dilma ou achar o Malafaia um babaca machista e homofóbico do caralho (eu acho também, inclusive), mas entrar em páginas a favor dessas coisas para criticar é o equivalente a entrar em show do Iron Maiden  xingar pessoas aleatória e dizer que bom mesmo é João Gilberto.
O problema é que meu bode do Facebook anda crescendo absurdamente e se expandindo para toda a internet. Todinha!
A revista época postou uma matéria onde dizia que a Dilma tinha que se erotizar. Mano!!! A véia tem 67 anos pra começo de conversa, some isso ao fato de uma revista de grande porte ainda declarar que o problema da crise e a presidente da república não andar por aí de decote e falando em piroca, sério?!?
O site da Uol fez uma matéria esquisita sobre cosplay e colocou duas psicólogas com mais de 50 anos para explicarem as crises de identidade que supostamente o cosplay causa e nos comentários, obviamente sobravam críticas a idade das duas ou sobre como psicólogos inventam distúrbios para conseguires clientes, porque parar para pensar por 14 nanosegundos e ver que as profissionais foram tão enganadas quanto os cosplayers que deram entrevista é difícil, muito mais fácil é xingar as duas.
Aí eu parei pra pensar que pô, de repente não é a internet que está me dado bode, são os humanos...a internet só serve de instrumento para essa galera ser assim sem o risco de um soco na cara.

sábado, 22 de agosto de 2015

Abstinência

O detox de hábitos destrutivos não é de 10 dias, são 21...faltam 17.
Ando sentindo falta do twitter e do snap...
Não sei se vou aguentar esse tempo todo, não sei se vou conseguir trocar esses hábitos por hábitos produtivos.
Sei que estou entediada...

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Because of you



I will not make
The same mistakes that you did
I will not let myself
Cause my heart so much misery



 

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Detox, cursos e posts não escritos

Começo o post convidando você a se juntar a mim no curso de auto conhecimento 0800 que o pessoal da Etre tá dando. O curso é toda terça 20:30h, on line e você assistir pelo Periscope @etredh ou se cadastrar no site e acompanhar pelo hangout.
Enfim...
Semana passada eles pediram para abandonarmos 10 hábitos por 10 dias, e só hoje escolhi:
-The Sims
-Snapchat
-Pet Rescue Saga
-Clickjogos
-Twitter
-Instagram
-Bejeweled
-Chocolate

Ai gente vai ser difícil, hein. Desde 2009, nunca fiquei mais de 2 dias sem dar uma espiadinha no twitter, pós smartphones então...vish. O The Sims eu ia colocar só o 4, mas me conheço e ia acabar jogando um dos outros 3 (tenho os 4 instalados no notebook), o clickjogos veio porque como ia ficar sem meus joguinhos eu ia acabar jogando papa freezeria o tempo todo ou o Royal Baby Shop, ou qualquer outro joguinho de administrar. O whatsapp não pode entrar nessa lista porque é minha forma primária de comunicação com 90% das pessoas, tem grupo da faculdade, enfim não ia rolar.
O tempo que eu vou ganhar sem joguinhos vou usar pra ler e escrever alguns posts que estou devendo lá no outro. Veremos se aguento 10 dias sem os 8 hábitos escolhidos.

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Discutindo com a TV

Eu não tenho o hábito de ver novelas, não curto o lance de esperar 9 meses para uma conclusão que geralmene será a mais óbvia, enfim...não me agrada, mas outro dia estava na casa da minha mãe e acabei assistindo um episódio da novela Caminho das Índias e uma cena me chamou a atenção. O personagem do Alexandre Borges pediu que a personagem da Letícia Sabatella conversasse com sua esposa (Débora Bloch) sobre ele não querer conversar porque estava cheio de problemas, pedir que ela deixasse ele em silêncio com os seus pensamento. A personagem da Sabatella foi até a da Débora Bloch e mandou ela puxar bastante assunto, contar piada, fazer fofoca. O casamento vai acabar e o Alexandre Borges vai ficar, obviamente com a Sabatella (até ela se revelar uma doida psicopata que só quer ver todo mundo infeliz), e eu fiquei pensando que se eles fossem casal que usasse da comunicação nada disso aconteceria. O cara podia chegar pra esposa e dizer "Olha, estou passando por uma fase difícil, me dá um espacinho até minha mente clarear, quando eu estiver no escritório me deixa quietinho".Mas, isso não ia render, né? Família feliz em novela não vende, tem que ter crise...
Daí hoje minha mãe ligou a tv da área de lazer e daqui da mesa do pc eu fiquei de frente, estava passando Noivas Em Guerra, a história de duas super  amigas que marcam o casamento para o mesmo dia e aí automaticamente deixam de ser amigas, se ofendem, se agridem e se sabotam o tempo inteiro. Mano!!! Eram as melhores amigas do universo inteiro e aí passam a trocar ofensas pessoais porque o casamento é no mesmo dia? Sério? Então não eram tão amigas assim, né? Se tinham tanta coisa ruim guardadas dentro de si a ponto de explodir por um motivinho tão bobo.