Páginas

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

O que quero x O que eu busco

Imagina que você compra sementes de margaridas e planta no seu quintal, aduba, rega, cuida e depois fica na ansiedade por desejar muito um jardim cheio de rosas. 
Ou que você planta um caroço de manga e depois fica esperando as goiabas nascerem porque adora goiaba recém colida.
Ou talvez você compre uma garrafa de guaraná e coloque na geladeira para na hora do almoço beber um copo de coca cola beeem gelada.
A não ser que você tenha alguma problema cognitivo você não fazer nada disso, certo? Então porque no nosso cotidiano é isso que a gente faz o tempo todo?
Você reclama que a cidade tá violenta, mas passa o inicio da sua noite toda assistindo pseudo jornalismo sangrento? Plantou margarida esperando colher rosa!
O que você procura tem que estar de acordo com o que você quer achar, não tem como encontrar felicidade procurando tristeza, encontrar amor se segue procurando por ódio.
Veja a pessoa ranzinza, mal humorada, sempre reclamando, evitando sorrir e sei que passa horas assistindo esses programas que não compartilham meia notícia boa e entendo o porque. Não dá pra ser feliz assim, se alimentando da tragédia alheia, não tem como...
Eu quero boas notícias, quero dar risada, que suspirar de encantamento...eu quero felicidade, que busco felicidade, eu me cerco de felicidade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário