Páginas

domingo, 15 de novembro de 2015

Eu escolho o perdão

No mundo há amor o suficiente para todos nós, eu acredito nisso. E é por isso que faz algum tempo que não "mendigo" a afeição de ninguém. Tem muito amor espalhado por aí pra mim e é esse amor que eu quero, aquele que é puro, sincero e despretensioso.
Eu fiz na minha vida a escolha de viver pelo e para o amor, não que isso seja fácil, tranquilo e que instantaneamente eu tenha me tornado uma hippie de saia longa e pé no chão (mas bem que eu queria, viu?), o que acontece é que agora sempre que bate a tristeza, a raiva, a mágoa eu concentro minhas energias em escolher o amor e o perdão.
E como é difícil essa escolha, como é mais fácil murmurar e lamentar e reclamar. Desde sexta-feira tenho escolhido o perdão 20 vezes ao dia, sempre que lembro o que me magoou e quem me magoou, respiro fundo e escolho o perdão, e me concentro em minhas obrigações.
E que Deus me ajude a sempre escolher perdoar e que não falte amor, nem a mim e nem a eles, nem hoje, nem nunca!

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Onde eu vou? Onde eu estou?

Meus últimos posts tem sido bilhetes....tenho condensado tudo que penso e sinto em meia dúzias de palavras que nem fazem tanto sentido assim.
Estou perdida na minha caminhada, aliás, estou perdida na vida.
Para onde eu vou? Como eu vou chegar lá?
E a resposta que me vem é "estude", e lá vou eu iniciar uma nova roda de estudos, pra me aprofundar em onde eu estou e porque estou aqui, antes de saber para aonde seguir....
E lá vou eu...

domingo, 8 de novembro de 2015

Como pode?

Eu fico aqui vagando entre meus pensamentos, meus desejos e anseios, fico aqui perambulando entre meus medos e minhas paixões, entre a vergonha dos meus defeitos e as qualidade que queria ter.
E nesse confusão de coisas, sensações e sentidos vez ou outra me pego pensando "Como o que é pode?", como pode existir alguém assim, como é possível...
Existem motivos? Mas não deu tempo de curar? Ou o que não deu foi vontade?
É mais fácil fazer a vida dos outros um inferno do que tentar levar sua vida ao paraíso?
Não sei...não sei mesmo, e insisto em me perguntar: "Como pode?"

sábado, 7 de novembro de 2015

94 coisas em 365 dias

Faltam 365 dias para acabarem os meus 1001 dias e só fiz 7 coisas....
Que vergonha...que vergonha.

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Espera que o sol já vem...

Tem gente que está 
Do mesmo lado que você 
Mas deveria estar do lado de lá 
Tem gente que machuca os outros 
Tem gente que não sabe amar

Tem gente enganando a gente 
Veja nossa vida como está 
Mas eu sei que um dia 
A gente aprende 

Se você quiser alguém
 Em quem confiar 
Confie em si mesmo 

 Quem acredita 
Sempre alcança


terça-feira, 3 de novembro de 2015

Eu escolhi calar

Talvez esse título esteja errado, aliás esse título está errado, eu não calei ainda, mas vou calar.
Tenho pedido, arrogante, a Deus que me livre do mal e dos maus, mas e quando o mal é meu e a má sou eu?
Vou escolher o silêncio quando eu não puder somar.