Páginas

segunda-feira, 21 de março de 2016

Como você está?

A grande maioria das pessoas faz essa pergunta só por educação, já percebeu?
A galera não está, de fato, interessada na sua resposta, a pergunta é só uma forma de aliviar o peso na consciência e cumprir sua obrigação social de perguntar pelos outros.
É assim que é, é assim que funciona, é assim que fazemos...
Mas aí dá merda, porque as vezes quem é perguntado tá precisando falar e, principalmente, ser ouvido. Mas a gente vive assim, fechados nos nossos próprios mundos, enclausurados nos nossos próprios problemas.
E ai de quem quer ser ouvido, você fala e ninguém ouve, você escreve e ninguém responde...o tal visualizado e não respondido é um balde de água fria quando você precisa de um ouvido. Bate aquela tristeza, sensação de solidão ou de que o que você disse não é lá muito interessante.
E como faz?
Respira fundo, conta até mil e lembra que:


“Nada do que os outros fazem é por sua causa. O que os outros fazem e dizem são projeções da realidade deles, dos sonhos e desejos deles. Quando você é imune as opiniões e atitudes dos outros, você não se torna vítima de sofrimentos desnecessários.” 


Não é culpa sua não ter sido ouvido, respira fundo e segue o jogo.
Segue o fluxo
Segue a vida

Nenhum comentário:

Postar um comentário