Páginas

domingo, 3 de julho de 2016

Eu gosto do silêncio

Todos dormem, a TV tá desligada e de som mesmo só os carros passando lá fora e os pássaros cantando.
Pra mim tá bom, é no silêncio que consigo ouvir melhor meu coração, é onde nascem minhas epifanias...é onde eu vejo coisas que estavam claras diante dos meus olhos.
Foi ali no silêncio, sozinha comigo que percebi que certas amizades eram via de mão única e deixei ir. Que a amiga que rebatia ou debochava de tudo que eu dizia não estava brincando e não era amiga...mas tudo bem, tá tudo bem. Porque no silêncio eu tive tempo de compreender que ninguém é obrigado, né nom? Eu não sou, ela não é e nós somos livres.
Uns minutinhos de silêncio fazem um bem danado...

Nenhum comentário:

Postar um comentário